Mais dois medicamentos para Hep C aprovados pela ANVISA

 

Os medicamentos ZEPATIER fabricado pela MERK (MSD), e o Harvoni que será distibuido no Brasil pela Gilead, foram acrescentados ao eficiente arsenal hoje existente contra o vírus da Hepatite C no Brasil.

Com a circulação e importação liberada, uma nova etapa deve ser a incorporação dos mesmos pelo SUS, o que trará uma ampliação importante ao acesso dos infectados com o HCV, pois sendo os tratamentos similares quanto a excelente eficácia, os pacientes poderão ter as prescrições "à la carte", ou seja, a mais adequada ao seu caso específico. Por outro lado os preços praticados pelos laboratórios mediante a regra natural do mercado, tendem a ficarem mais baixos devido a concorrência e a lei da oferta e procura.

O ZEPATIER é indicado para os genótipos 1 e 4, a dosagem é de 1 comprimido por dia, com duração dependendo do caso de 12 à 16 semanas. Já o HARVONI, também com dose de 1 comprimido diário indicado para o genótipo 1.

Os índices de resposta virológica sustentada (neutralização da ação do HCV) são similares aos tratamentos já disponibilizados pelo SUS até o momento, que atinge mais de 95%.

O diretor presidente da Agencia Nacional de Vigilância Sanitária - ANVISA gravou um vídeo abordando essas aprovações e o avanço que representam para a eliminação da Hepatite C no Brasil, e que a Organização Mundial da Saúde - OMS colocou como meta até o ano de 2030 para o mundo, sendo nosso país destacado como modelo nesse objetivo.

Assista ao video AQUI

Aprovado pela ANVISA torcemos agora que seja incorporado com a maior celeridade possível, aumentando assim as opções de tratamentos eficazes, um sonho realizado que em um passado recente parecia ser impossível de ser alcançado, pois ficamos mais de uma década tendo apenas interferon e ribavirina como único tratamento, e qu apresentavam baixa eficácia porém severas reações adversas.

DOU 04/12/2017

 
 
 
©2015. Grupo Esperança – Todos os Direitos Reservados