Publicada no DO de Santos Lei que Institui Julho Amarelo


Veja o resumo de todas atividades realizadas pelo Grupo Esperança para Julho Amarelo | AQUI

25/03/2015 - Prezados(as) amigos(as) e parceiros(as):

Temos a alegria de informar à todos que na data de hoje foi publicada no Diário Oficial do Município de Santos a Lei nº. 3.117, de 25 de março de 2015, que Institui no Calendário Oficial do Município de Santos o “Mês Julho Amarelo”, em alusão ao combate das Hepatites Virais.

Além de todas as atividades que poderão ser realizadas dentro do mês julho, em que o dia 28 é mundialmente marcado como dia de luta em combate às Hepatites, nossa legislação prevê que os prédios públicos serão iluminados com a cor amarela.

Através de nosso pedido e por iniciativa do Vereador Dr. Evaldo Stanislau, com o empenho de sua assesoria, e também do integrante do Grupo Esperança, Dr Ever de Carvalho, Santos ratifica sua posição de vanguarda, esperando que muitas outros municípios de nosso pais adotem a mesma postura, e assim adicionarem mais essa importante ferramenta para vencermos essa incidente e perigosa enfermidade.

Abaixo a hepatite C!!! Um viva aos pacientes e militantes dessa guerra que vamos vencer!

Saudações Fraternais,
Jeová Pessin Fragoso
Diretor Presidente

---------------------------------------------------------------


13/02/2015 - O "Julho Amarelo" foi uma excelente idéia de nosso parceiro Rômulo do Vontade de Viver, que acreditamos irá complementar com muita valia a visibilidade para as HVs.

Mesmo já sendo aceita e gerado uma promessa pelo Depto, DST Aids e HV para acontecer em Brasilia, leis municipais para equiparem os aparelhos públicos com a côr amarela em julho, garantem com mais propriedade a ação.

No anexo enviamos como modelo, o PL já apresentado aqui na Câmara de Santos pelo vereador Dr Evaldo Stanislau, que a maioria de nossos pares conhece. Um modelo simples e curto, porém totalmente objetivo para o que pleiteamos.

É esse fato um instrumento oportuno para todas as ONGs que integram o projeto de sensibilização de parlamentares, e que estão recebendo o material para visita às câmaras municipais e/ou ás Assembleias Legislativas (as que situam-se em capitais). E mesmo as que por algum motivo não aderiram participar dessa ação, também poderão fazer igual postulação, e assim colaborar com a intensidade de divulgaçãp a nível nacional.

Clique AQUI para baixar o PL.

Saudações fraternais,
Jeová Pessin Fragoso
Pelo Corpo de Voluntários

 
 
 
 
©2015. Grupo Esperança – Todos os Direitos Reservados