Definido o fluxo para dispensação de medicamentos para HCV e Coinfecções


Leia a Nota Informativa Conjunta nº 93/2015 Completa Aqui (PDF)

Temos a imensa satisfação em compartilhar a Nota Informativa Conjunta nº 93/2015 - DDAHV/SVS/MS, DAF/SCTIE/MS, DGITS/SCTIE/MS e GGMON/SUCOM/ANVISA, que trata do fluxo para a dispensação e a farmacovigilância de medicamentos de ação direta para o tratamento de hepatite C e coinfecções no Sistema Único de Saúde (SUS).

Considerando o registro e a incorporação dos novos medicamentos de ação direta contra o vírus da hepatite C para o tratamento no SUS, esta nota define os pré-requisitos da rede assistencial, os fluxos para solicitação e dispensação dos medicamentos, a forma de distribuição e as orientações relacionadas à farmacovigilância. A nota contempla as indicações da terapia de acordo com as recomendações do novo Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas para Hepatite C e Coinfecções.

"Esperamos que os estados e municípios façam com semelhante esmero a sua parte, ao que fez o MS em todas as etapas do processo de incorporação até esse momento. A atribuição dessas duas esferas, que é a logística da distribuição talvez seja uma das mais simples, porém não menos importante ou trabalhosa, e ainda podendo ser conotada de prazerosa pois terá a satisfação de entregar pessoalmente os novos medicamentos livres do interferon aos esperançosos pacientes, como também poder acompanhar o resultado exitoso de seus tratamentos, finalmente com a grande maioria apresentando resposta sustentada. Rogamos então aos Estados e Municípios participantes a celeridade no estabelecimento desse fluxo de dispensação". Jeová - Pelo Corpo de Voluntários I

 

 
 
 
 
©2015. Grupo Esperança – Todos os Direitos Reservados