Publicado Consenso SBI & SBH para tratamento Hepatite C


Clique AQUI para baixar o PDF da Publicação

Apesar do Protocolo do MS ter sido publicado baseado em evidências técnico-científicas, e com a contribuição dos maiores especialistas do Brasil e do mundo, pelo sistema de saúde pública de nosso país -SUS, algumas estratégias que envolvem restrições à pacientes em estado menos avançado tornam-se presentes por questões econômicas, ou seja, pela verba que tem disponível, procuram tratar com prioridade os casos que exigem maior atenção no momento.

Já as Sociedades Médicas do Brasil voltadas para a questão das hepatites e suas evoluções, que são a Sociedade Brasileira de Infectologia - SBI e a Sociedade Brasileira de Hepatologia- SBH, de uma forma estritamente científica elaboram consensos de recomendação para tratamentos dos agravos, e assim a tendência é adequar alguns, e normalmente poucos ítens, que envolvem às vezes, entre outras, a ampliação/redução de tempo de tratamento, a diferença nas dosagens, a combinação dos fármacos quando em terapia associada, e ainda a socialização sobre as novas drogas que estão surgindo.

Portanto é de grande valia esse consenso da SBI e SBH, e assim pode colaborar com grande valia para algumas situações, como por exemplo, as futuras atualizações do PCDT bem como a prescrição dos médicos que tenham pacientes com condição de adquirir por forma particular ou através de plano privado de saúde.

Mas sem dúvidas que o momento já está sendo muito positivo, com vários pacientes tendo a indetecção do HCV no primeiro mês de tratamento com os novos DAAs.

Sudações fraternais,
Jeová
Pelo Corpo de Voluntários

 

 

 
 
 
 
©2015. Grupo Esperança – Todos os Direitos Reservados